Pular para conteúdo
05 DEZ

22º Prêmio Velho Mestre

Foi com imensa satisfação que o CLUBE DE ENGENHARIA DO PARÁ, premiou no ano de 2013 como 22º Velho mestre o Sr. João Messias Dos Santos Filho, Engenheiro civil com especialização em engenharia do trabalho, advogado e formação de mediador e árbitro.

A experiência do prof. João Messias no campo de magistério é extensa e significativa. Contribuiu para educação da sociedade paraense dedicando-se na formação de profissionais, sobre tudo na área das ciências exatas. Atuou como membro diretor da Campanha Nacional do educandário Gratuito “CNEC”, posteriormente, Campanha Nacional das Escolas da comunidade, secção do Pará. – Biênio 1968/1970. lecionou em 8 colégios da capital (“Abraham Levy”, “Alfredo Chaves”, “Paes de Carvalho”, “Santa Maria de Belém” e “São Paulo”). 

No ensino Superior, foi Auxiliar de ensino da Cadeira de Desenho técnico e Geometria descritiva, da Universidade Rural do Amazônia (1964/1966). À época faculdade de ciências agrárias do Pará. Na Universidade Federal  Do Pará ( UFPA) foi chefe de departamento de desenho da escola de engenharia (1970), representante do departamento de desenho e arquitetura da UFPA, junto ao Colegiado do curso de engenharia civil(1973 a 1975), chefe do departamento de desenho e arquitetura (1974 a 1975) e depois Chefe de departamento de desenho (1975 a 1979). Aposentou-se pela UFPA como professor Titular. Ainda no magistério foi professor e responsável pelo coordenação, na Área de Ciências Exatas e Tecnologia, da Universidade de Atualização da Mulher Amazônida, mantida pela Associação Paraense de ensino e cultura, em Belém-PA.     

Na Direção Geral do Grupo educacional IDEAL, constituído pelo colégio Ideal, faculdade ideal-FACI e fundação Getulio Vargas-FGV, contribui na formação de profissionais em diversas áreas acadêmicas.

Por quatro mandatos foi presidente do Clube de engenharia do Pará. Também por quatro mandatos foi Conselheiro de CREA-PA, representando o clube de engenharia e o centro tecnológico da UFPA. Foi Presidente do conselho regional de engenharia, arquitetura e agronomia do Pará nos períodos de 1979-1981,1982-1984,1991-1993 e 2000-2002. Destaca-se como um grade construtor de um novo capitulo da historia do sistema CONFEA/CREA transformando o regional Pará em um dos maiores expoentes, entre outros do Brasil. Foi diversas vezes merecedor do Certificado de serviço relevante Prestado à nação em cumprimento ao art., 52 e seu parágrafo primeiro, da lei  nº5.194/66, concedido pelo CONFEA, distinguido como o diploma de “Láurea ao Mérito” e “Medalha do Mérito”, pelos relevantes serviços prestados à engenharia, à arquitetura e à agronomia, concedido em 2004, pelo Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia nos termos da resolução nº399 de 06.10.1995.



Confira a galeria de fotos do evento 22º Prêmio Velho Mestre

   




Veja também

Redes Sociais